Grupo ‘Escuta Ativa’ que auxilia vítimas de violência será homenageado na Câmara de Franca 

Por samuel.hc em Qui, 23/06/2022 - 16:20

NOTÍCIAS – CÂMARA DE FRANCA

Grupo ‘Escuta Ativa’ que auxilia vítimas de violência será homenageado na Câmara de Franca 

De autoria do vereador Daniel Bassi (PSDB) será realizada nesta segunda-feira, 27 de junho, uma homenagem ao grupo ‘Escuta Ativa‘. A Moção de Aplausos 19/2022 foi aprovada em Plenário pelos demais parlamentares em sessão realizada no dia 29 de março de 2022.  O evento acontece a partir das 18h45 no Plenário da Câmara Municipal e também deverá contar com a presença da vereadora Lurdinha Granzotte (União) que ocupa a Procuradoria da Mulher criada na Câmara de Franca em apoio às mulheres vítimas de violência. 

O Escuta Ativa fez um ano e com grandes conquistas alcançadas pelo relevante trabalho realizado nesses 12 meses. No dia 18 de fevereiro de 2021, o Escuta Ativa realizou seu primeiro atendimento. De lá para cá, 194 mulheres, todas vítimas de violência, mantiveram contato com o grupo através do aplicativo WhatsApp. São mulheres da cidade de Franca, municípios vizinhos, de outras regiões e até mesmo de outros Estados, como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraná.

Especificamente em Franca, o grupo realizou buscas ativas, bem como manteve o contato com mais de 69 mulheres, vítimas de violência, com processos criminais em andamento. Ofereceram acolhimento, apoio, esclarecimentos e canais de comunicação com o Ministério Público e outros serviços.

Em julho de 2021, com o apoio da Escola Superior do Ministério Público, realizaram dois dias de palestras sobre Desafios no Enfrentamento às Violências contra Crianças e Adolescentes.

Em parceria com a Comissão de Combate da Violência contra Mulher da OAB-Franca, o grupo Escuta Ativa visitou Escolas Públicas de Franca, nas quais orientaram os jovens estudantes. Também neste ano de trabalho, orientaram diversos profissionais, voluntárias e voluntários, tornando-os aptos ao atendimento de mulheres e familiares em situação de violência doméstica. Investiram na capacitação dessas pessoas por meio de palestras e cursos.

Daniel Bassi lembrou ‘durante a pandemia organizaram palestras on-line disponibilizando-as aos municípios de Ribeirão Corrente, Londrina e Bauru, bem como para a Frente Parlamentar de Combate ao Abuso e Violência Doméstica da Assembleia Legislativa de São Paulo’

O parlamentar ainda citou o trabalho conjunto com encontros com a Justiça, Legislativo, Polícia Militar, Polícia Civil, Serviço Social, de Saúde e Educação. E ressaltou ‘hoje, somam mais de 2600 pessoas atuantes na rede do Escuta Ativa, possibilitando a expansão da informação qualificada a longas distâncias e a quem necessita’

ESCUTA ATIVA NA CÂMARA

Em agosto de 2021, a Câmara Municipal à convite da vereadora Lurdinha Granzotte (União) recebeu convidadas para falar sobre ações de prevenção e combate à violência doméstica. Carolina Gonçalves de Oliveira Escavassini, que é uma das coordenadoras da Comissão de Combate à Violência contra Mulher da OAB de Franca e idealizadora do projeto ‘Escuta Ativa’ utilizou a Tribuna para falar sobre os projetos realizados e da rede de proteção criada no município para atendimento das vítimas.

cartilha

Também foi apresentado aos parlamentares o trabalho que conta com apoio do Ministério Público na elaboração da cartilha ‘Mulher, vire a página’ e que neste ano teve o lançamento de sua segunda edição. O conteúdo traz orientações sobre as principais formas de violência doméstica e familiar, e os equipamentos disponíveis para atendimento das vítimas.

CONTATO ESCUTA ATIVA

O trabalho feito pelo ‘Escuta Ativa’ dá a condição para que as mulheres busquem auxílio por sistemas à distância como, por exemplo, Whatsapp (16) 99184 4403 e o Instagram @institutoescutativa.

Daniel Bassi convida à todos interessados para prestigiem o evento nesta segunda-feira, 27 de junho e conclui ‘nosso mais profundo agradecimento à todas pessoas que contribuíram com as ações nesse primeiro ano de atividade, especialmente, às mulheres e familiares vítimas de violência que confiaram na busca de ajuda e orientação’

Saiba mais sobre as informações da Câmara Municipal de Franca pelas redes sociais FacebookYoutubeFlickrTwitter Instagram. E também pela TV Câmara pelo canal aberto digital 6.3

(Comunicação Institucional da Câmara)