17ª Sessão Ordinária de 2021

Por bruno.ctp em ter, 27/04/2021 - 15:57
Imagem Principal
Mesa Diretora da Câmara Municipal de Franca durante a 17ª Sessão Ordinária
Texto Principal

Vereadores na Tribuna – 27/04/2021

Confira abaixo resumos dos discursos de cada um dos vereadores que usou a Tribuna na manhã de hoje, 27, durante a 17ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Franca.

 

1)      Della Motta se queixa de falta de políticas públicas para moradores de rua

A população de rua foi o tema do discurso do vereador Della Motta (Podemos). Ele fiscalizou diversas vias públicas por toda a cidade e constatou um grande número de moradores de rua. Para resolver a situação, ele sugeriu a devida implantação de políticas públicas. “Há cobranças desse Legislativo desde 2017. Precisamos de internação para os usuários de drogas e portadores de doenças mentais”, destacou, lamentando também que parte dessa população pratique atos de vandalismo.

 

2)      Tidy pede mais orientação para evitar “fura-filas” e uso de prédio da Unesp

O vereador Marcelo Tidy (DEM) repercutiu reportagem da mídia local sobre mais de 500 pessoas terem supostamente furado a fila da vacinação contra a covid-19 em Franca. “Pedirei à Prefeitura que reforce suas campanhas de comunicação para orientar a população”, explicou. Em seguida, o parlamentar informou que conversou por telefone com o diretor da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Franca, Murilo Gaspardo, com relação ao prédio do centro educacional localizado no centro da cidade. O imóvel logo ficará desocupado. “Não podemos deixar que o prédio vire um novo elefante branco. Ainda não contrataram nem seguranças. Estamos aguardando um posicionamento da Unesp”, finalizou Tidy.

 

3)      Ilton elogia deputada por melhorias em vicinais e torce por eleição de francanos

O vereador Ilton Ferreira (DEM) utilizou seu tempo na Tribuna para elogiar ações da deputada estadual Delegada Graciela (PL). Uma delas diz respeito a pavimentação e criação de estradas vicinais do município, o que deve melhorar o fluxo de trânsito. “Agradecemos a Graciela pelo incentivo”, afirmou Ilton. O vereador também desejou que haja mais políticos de Franca nas esferas estadual e federal para defender os interesses da cidade. “Quem é de Franca tem que votar em candidatos de Franca”, comentou. Por fim, Ilton, que é líder do prefeito Alexandre Ferreira (MDB) na Câmara, informou sobre planos do Executivo de criar mais áreas de lazer com campos de areia, quadras e Academias ao Ar Livre. Para ajudar a viabilizar a iniciativa mais rapidamente, ele pediu que os vereadores buscassem emendas parlamentares com deputados.

 

4)      Zezinho Cabeleireiro quer agilidade para construção civil e mais placas de ruas

Em seu discurso na Tribuna, o vereador Zezinho Cabeleireiro (PP) novamente defendeu os interesses do setor da construção civil. Ele irá se reunir com representantes do Poder Executivo para discutir o cumprimento de lei de sua autoria (veja aqui). A legislação prevê o fornecimento de licença provisória para ligação de água e luz, sob responsabilidade do engenheiro que executa a obra. “Precisamos agilizar para deixar o povo trabalhar”, explicou, Zezinho aproveitou para cobrar mais rapidez na produção de placas de nome de rua na cidade, sugerindo que o serviço seja executado pela Emdef (Empresa Municipal para o Desenvolvimento de Franca).

 

5)      Lurdinha cobra vacinas para dentistas e melhor atendimento telefônico da Prefeitura

Em sua fala na Tribuna, a vereadora Lurdinha Granzotte (PSL) inicialmente pediu que os dentistas fossem inclusos no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19. “O prefeito pode reforçar essa solicitação com o governador João Dória (PSDB). Não entendo a lógica do governo estadual [de deixar certos profissionais de vacinação fora das prioridades]”, queixou-se. Em seguida, fez coro a Zezinho (veja acima) ao criticar a demora em liberar o Habite-se de obras na cidade. Por fim, Lurdinha criticou o tempo excessivo de espera para falar com assistentes sociais da Prefeitura por telefone. Ela testou o serviço e ficou 90 minutos aguardando antes da linha cair. “A administração está sendo prestativa, mas há pontos que estão incomodando muito”, apontou.

 

6)      Gilson Pelizaro repercute “fura-filas” e expõe mito do “tratamento precoce”

A pandemia da covid-19 foi o centro do discurso do vereador Gilson Pelizaro (PT) na Tribuna. Primeiramente, ele também comentou sobre supostos “fura-filas” na vacinação contra o novo coronavírus (veja acima). “Tem que haver transparência. Nós, da Frente Parlamentar de Combate à Covid-19, temos que nos debruçar sobre as listas de vacinação, preservando o sigilo dos munícipes”, apontou. Em seguida, Pelizaro respondeu munícipe que usou a Tribuna hoje, o qual discursou a favor do suposto “tratamento precoce” e elogiou a postura da cidade de Chapecó (SC). “Chapecó não serve de exemplo para ninguém. O prefeito de lá propaga fake News, e depois que ele assumiu, as mortes aumentaram de 123 em 2020 para um total de 583. As UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) de lá estão com 100% de ocupação. O “tratamento precoce” aumentou o número de mortos. Tem que parar com esse engodo, com essa mentira”, revoltou-se.

 

7)      Claudinei divulga reclamações da população com relação à CPFL

Encerrando o Expediente (período matutino) da sessão, o presidente da Câmara Municipal de Franca, o vereador Claudinei da Rocha (MDB), fez uso da palavra. Ele explicou que foi procurado por diversos munícipes revoltados com falhas no atendimento da CPFL. “Eles disseram que a Sabesp entendeu o momento de crise, mas a CPFL têm cortado a energia elétrica, sem conversa, se o cidadão deixar de pagar duas contas. Nós que somos representantes do povo temos que dar voz a eles”, posicionou-se. Claudinei explicou que apresentou as críticas no Plenário porque há vereadores que estão trabalhando juntamente com o Ministério Público para aprimorar o serviço da empresa concessionária.

Os discursos dos vereadores foram transmitidos ao vivo pelo Facebook.

 

Câmara aprova frentes parlamentares sobre deficientes auditivos e tração animal

Foram aprovados por unanimidade dois Projetos de Resolução (PRs) de autoria do Poder Legislativo na 17ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Franca, realizada hoje, 27.

O PR nº 09/2021, de autoria coletiva e idealizado pelo vereador Gilson Pelizaro (PT), criou, no âmbito do Legislativo local, uma Frente Parlamentar em defesa dos direitos dos deficientes auditivos. O objetivo da comissão é buscar a implantação da educação bilíngue na rede municipal de ensino e, assim, inserir surdos-mudos de forma ampla e adequada no ensino regular. Para isso, a frente poderá fazer uso de debates, audiências públicas, estudos e diligências. Atualmente, a cidade possui cerca de 17 mil pessoas com algum grau de deficiência auditiva.

A frente será presidida pelo primeiro signatário (o próprio Gilson). Será decidido posteriormente entre os demais integrantes quem assumirá as funções de vice-presidente e relator.

O PR nº 10/2021 também trata da instituição de uma Frente Parlamentar na Câmara, mas dessa vez para estudar e debater veículos de tração animal no município de Franca. A autoria da proposta é coletiva, tendo sido concebida pelos vereadores Lindsay Cardoso (Cidadania) e Ilton Ferreira (PL).

Ela será presidida pelo 1º signatário da propositura, sendo o 2º signatário o Vice-Presidente e, o terceiro signatário, o Relator. Ou seja, tais cargos serão destinados a Lindsay, Ilton e Ronaldo Carvalho (Cidadania), respectivamente. Daniel Bassi (PSDB) e Marcelo Tidy (DEM) também participarão como membros.

Competirá à comissão acompanhar e fiscalizar se o atual uso dos veículos de tração animal está em conformidade com o estabelecido no Código de Defesa dos Animais do Município de Franca (veja legislação aqui), além de sugerir proposições legislativas relacionadas ao tema.

O Plenário ainda deu o seu aval a um Requerimento, duas Moções de Apoio e duas Moções de Aplausos. A 17ª Sessão Ordinária foi transmitida ao vivo pelo Facebook (Expediente  e Ordem do Dia). A pauta completa da reunião pode ser conferida aqui.

(Comunicação Institucional Câmara)

Data da Sessão