Lurdinha Granzotte destaca ações de combate e prevenção à violência contra mulher

Por samuel.hc em Ter, 14/06/2022 - 14:37

VEREADORES NA TRIBUNA

Lurdinha Granzotte destaca ações de combate e prevenção à violência contra mulher

A vereadora Lurdinha Granzotte (União) usou a Tribuna na manhã desta terça-feira, 14 de junho, durante a 20ª Sessão Ordinária, inicialmente agradeceu e parabenizou a deputada estadual Delegada Graciela (PL).

‘Pela indicação ao Governo do Estado para readequação física, estrutural e aquisição de equipamentos para funcionamento 24h da Delegacia de Defesa da Mulher de Franca (DDM)’ destacou.  E ressaltou ‘é um grande passo para as mulheres’.

Lurdinha ainda falou sobre a participação no lançamento da 2ª Edição da Cartilha ‘Vire a Página, mulher’.  A nova edição ganhou uma versão ampliada, com informações sobre as principais formas de violência doméstica e familiar, quais são as medidas de proteção que a Lei Maria da Penha assegura, entre outras informações, afim de combater qualquer tipo de violência.

A cartilha pode ser acessada pelo site do Ministério Público através do link: http://www.mpsp.mp.br/.../TodosO.../Vire-a-pagina-mulher.pdf

A vereadora ainda parabenizou o trabalho feito pela delegada Juliana e enfatizou ‘eles inauguraram na Central de Polícia Judiciária (CPJ) a sala lilás onde a mulher tem todo acolhimento’ 

A parlamentar ainda pediu apoio aos parlamentares na divulgação da cartilha e falou sobre a importância de ações de combate e prevenção à violência. ‘Quando a gente souber ou presenciar qualquer tipo de violência nosso dever é ajudar a pessoa’ enfatizou.

Lurdinha ainda ressaltou os canais de denúncias através da Polícia Militar pela Patrulha Maria da Penha, Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), as unidades dos Centros de Referência e Assistência Social (CREAS), Procuradoria da Mulher na Câmara e outras. ‘É um assunto que a gente não pode fingir que não existe’ acrescentou.

E por fim, a vereadora fez questionamento ao Poder Público sobre os critérios usados para cessão de uso no espaço da Praça Central Nossa Senhora da Conceição. ‘Por que que para alguns pode e outros não? A praça é pública e povo tem todo direito de usar, mas quais são os critérios? ’ questionou.

Saiba mais sobre as informações da Câmara Municipal de Franca pelas redes sociais FacebookYoutubeFlickrTwitter Instagram. E também pela TV Câmara pelo canal aberto digital 6.3

(Comunicação Institucional da Câmara)