Câmara vota Educação Física Inclusiva e criação do Dia de Combate ao Trabalho Infantil

Por samuel.hc em Sex, 03/06/2022 - 15:29

NOTÍCIAS – CÂMARA DE FRANCA

ORDEM DO DIA – 19ª Sessão Ordinária

Câmara vota Educação Física Inclusiva e criação do Dia de Combate ao Trabalho Infantil

Os vereadores se reúnem nesta terça-feira, dia 7 de junho, para discussão e votações de projetos na 19ª Sessão Ordinária. No período da manhã acontece o Expediente com as leituras dos documentos e ofícios, além de uso da Tribuna tanto pelos munícipes inscritos previamente e os próprios parlamentares, a partir das 9h.

No período da tarde a partir das 14h, serão debatidos e votados os temas que passaram por análise das comissões da Casa de Leis e ou propostas que sejam incluídas em regime de urgência.

Vereadores votam PL que propõe diretrizes da Educação Física Inclusiva

Em pauta estão onze itens, entre eles, de autoria dos vereadores Donizete da Farmácia (MDB)Daniel Bassi (PSDB) e Marcelo Tidy (União) o Projeto de Lei Ordinária nº 48/2022 estabelecendo diretrizes para a promoção da educação física inclusiva na rede municipal de educação de Franca, em prol de estudantes com deficiência e necessidades especiais.

Segundo os parlamentares a proposta defende a inclusão e justificam ‘por mais acentuada que seja sua limitação motora, um aluno especial pode conseguir com a educação física, uma parcial ou completa adaptação às suas limitações’

E destacaram os benefícios da educação física inclusiva proporcionando ‘melhoria na coordenação motora e autoestima, contribuição para a inclusão social, redução do estresse, prevenção de doenças do coração e respiratórias, e geração de mais empatia’

Ainda segundo o texto após questionamentos feitos sobre as práticas já existentes, o Poder Executivo respondeu ao requerimento feito pelo vereador Donizete da Farmácia que a educação física inclusiva já estar em vigor e tem ‘358 alunos elegíveis como público da Educação Especial - pessoas com deficiências, transtorno do espectro do autismo/transtorno global do desenvolvimento e altas habilidades superdotação. Em relação a quantidade de professores de Educação Física, a rede possui 53 atendendo a Educação Física e 1 professor no Projeto CEI e 1 na APAE’

E os autores concluíram ‘não existe até o momento nenhuma norma legal municipal que ampara e/ou regulamenta a educação física inclusiva (...) portanto, não está, com a presente propositura impondo novas obrigações ao Poder Executivo, apenas estabelecendo diretrizes de ações já colocadas em prática no âmbito da municipalidade’

sessao

Projeto que cria o Dia dos Profissionais e Empresas de Eventos será votado na Câmara

Também será apreciado de autoria do vereador Marcelo Tidy (União) o Projeto de Lei Ordinária nº 63/2022 que institui e inclui no calendário oficial de eventos do município de Franca o Dia Municipal dos Profissionais e Empresas de Eventos.

Segundo o parlamentar ‘o setor de eventos movimenta direta e indiretamente a economia do país, sendo responsável pelo aquecimento de vendas em comércio, calçados e vestuário, rede hoteleira, bebidas e alimentação’

E acrescenta ‘semanalmente, em Franca e na microrregião, são realizados, em média, 12 casamentos de médio e grande porte, além de aniversários, noivados e eventos corporativos. Um casamento de médio porte chega a movimentar de R$ 60 a R$ 120 mil e, o de grande porte, chega até R$ 800 mil’.

E defende ‘este Projeto de Lei visa a valorizar esses profissionais de grande importância do setor de eventos’

agenda

PL que cria Dia Municipal de Combate ao Trabalho Infantil será votado na Câmara

Os parlamentares ainda votam o Projeto de Lei Ordinária nº 74/2022 de autoria dos vereadores Gilson Pelizaro (PT) e Marcelo Tidy (União) que institui e inclui no calendário oficial de eventos do município de Franca o “Dia Municipal do Combate ao Trabalho Infantil”.

O dia 12 de junho é considerado o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, sendo instituído pela Organização Internacional do Trabalho, em 2002, que delegou aos países sua organização. Cinco anos após, o Brasil instituiu o mesmo 12 de junho como Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, pela Lei Federal n.º 11.542/2007, estipulando ações em níveis federal, estadual e municipal.

Os parlamentares argumentaram ‘mesmo a permissibilidade do trabalho só existindo a partir dos 14 anos (exclusivamente na condição de aprendiz) e dos 16 anos (em condições que respeitem as devidas restrições legais), não é incomum encontrar casos de crianças e adolescentes fora dessas determinações, praticando atividades como venda de produtos diversos, mendicância, serviços domésticos, dentre outros, nas ruas, casas e estabelecimentos de Franca’

E alertaram ‘esses tipos de atividades requerem uma atenção especial, uma vez que a exploração do trabalho infantil causa efeitos nefastos ao desenvolvimento físico, mental e educacional das crianças e adolescentes que se encontram nessa situação. Além da perda de direitos básicos, citamos os impactos físicos que as crianças e adolescentes que trabalham podem desenvolver, tais como problemas graves de saúde causados, por exemplo, pela exposição ao sol, contato com substâncias químicas e rotina de esforço sobrecarregada. O corpo de meninos e meninas, ainda em fase de desenvolvimento, não é próprio para a realização de trabalhos e para o uso de seus instrumentos, o que aumenta os riscos de acidentes’

Gilson e Tidy ainda enfatizaram as consequências do trabalho infantil ‘os abusos sofridos pelo estresse, exaustão e pela retirada de sua infância pode levar a uma vida marcada pela fobia social, ansiedade e graves formas de depressão - isso sem contar impactos psicológicos de trabalhos como o realizado no tráfico de drogas e na exploração sexual comercial, considerados, pelo Decreto n.º 6.481 de 12 de junho de 2008, como duas entre as piores formas de trabalho infantil’

E defenderam ‘a instituição do mês de conscientização sobre o Trabalho Infantil no calendário oficial de Franca se mostra primordial para uma melhor reflexão do tema, incentivando-se a realização, ao longo de todo o mês de junho, com destaque ao dia 12, de eventos como palestras, oficinas e apresentações artísticas e culturais sobre o assunto, além, é claro, da oportunidade de apresentação, por parte do Poder Público e de setores da sociedade civil, de estatísticas, iniciativas, projetos, programas, serviços e atitudes tomadas ao longo do ano para exterminar tão terrível ataque às nossas crianças e adolescentes’

dengue

PL de denominação de rua será apreciado em Plenário

De autoria do vereador Donizete da Farmácia (MDB) será votado  Projeto de Lei Ordinária nº 66 de 2022 que Denomina João Hipólito de Faria a rua “08” do bairro Residencial Gaia.

Vereadores analisam e votam cinco requerimentos na 19ª Sessão Ordinária

Os vereadores ainda debatem cinco requerimentos sendo dois de autoria do vereador Marcelo Tidy (União) o Requerimento nº 198 de 2022 questionando informações se há planejamento para a criação de um campeonato feminino de futebol no município. E o Requerimento nº 199 de 2022 cobrando o prefeito, Alexandre Augusto Ferreira, informações referentes ao cronograma da iluminação natalina 2022.

O vereador Gilson Pelizaro (PT) apresentou o Requerimento nº 200 de 2022 cobrando a relação de pacientes que utilizaram o transporte gratuito, da Prefeitura Municipal, para a “Clínica da Visão”, na cidade de Ribeirão Preto. E o Requerimento nº 201 de 2022 questionando informações sobre quais trabalhos de educação no trânsito têm sido realizados nas escolas municipais.

Zezinho Cabeleireiro por meio do Requerimento nº 203 de 2022 pede esclarecimento por quais motivos a Prefeitura Municipal não tem atendido às solicitações de inscrição municipal por parte dos proprietários de bancas; aos requerimentos para comercializar produtos que estão fora do rol do art. 15 da Lei 6064/2003; e se há possibilidade de conceder prazo para que os donos de bancas façam as adequações necessárias para cumprir a lei, suspendendo ordem de fechamento de bancas e impedindo que várias famílias percam sua fonte de subsistência.

agasalho

Duas moções de aplausos serão apreciadas na Câmara

E por fim serão apreciadas em Plenário, a Moção de Congratulações ou Louvor ou Aplausos nº 41 de 2022 de autoria do vereador Marcelo Tidy (União) ao Sr. Cleyton Alex Sander pelos relevantes serviços prestados à comunidade.

E a Moção de Congratulações ou Louvor ou Aplausos nº 42 de 2022 dos vereadores Della Motta (PODE) e Kaká (PSDB) ao Atirador Nicolas de Oliveira Cardim Garcia pelo reconhecimento de atirador destaque do mês de abril de 2022.

Saiba mais sobre as informações da Câmara Municipal de Franca pelas redes sociais FacebookYoutubeFlickrTwitter Instagram. E também pela TV Câmara pelo canal aberto digital 6.3

(Comunicação Institucional da Câmara)