Gilson Pelizaro cobra fiscalização nas obras de revitalização do ‘Engenho Queimado’

Por samuel.hc em Ter, 17/05/2022 - 13:01

VEREADORES NA TRIBUNA

Gilson Pelizaro cobra fiscalização nas obras de revitalização do ‘Engenho Queimado’

O vereador Gilson Pelizaro (PT) iniciou sua fala na Tribuna na manhã desta terça-feira, 17 de maio, durante a 16ª Sessão Ordinária parabenizando os servidores públicos que acompanharam a reunião e se manifestaram contrários ao Projeto de Lei Ordinária nº 69 de 2022, de autoria do prefeito Alexandre Ferreira (MDB) que trata da terceirização dos serviços de limpeza na área de saúde.

‘Eu respeito muito a categoria e a representação da categoria porque afinal de contas o Luís Fernando Nascimento foi eleito pela ampla maioria dos servidores públicos municipais e merece respeito nas tratativas que envolve a categoria’ ressaltou.

Gilson também falou sobre o Dia do Gari comemorado em 16 de maio. ‘Eu quero render todas as minhas homenagens porque infelizmente nós vivemos uma sociedade que não está capacitada e consciente com relação a limpeza pública’.

O parlamentar lamentou ‘a gente vê a situação em que as praças públicas ficam com relação a limpeza e se não fosse os garis ficaria mais grave. A gente sabe que o número é pequeno para uma cidade como Franca, precisaria de mais garis para garantir uma limpeza de todos os lugares’

Pelizaro fez ainda abordagem sobre a retomada das obras de revitalização do Córrego do Engenho Queimado. Citou que vem acompanhando a situação há muito tempo e questionou ‘tinha recursos no caixa da Prefeitura depositados pelo Governo Federal e por que havia a paralisação das obras? Inconcebível’.

O parlamentar falou ainda sobre o risco de a cidade perder o dinheiro depositado para realização das melhorias e enfatizou ‘quero cumprimentar o prefeito Alexandre pela retomada, é importante para a cidade, aquela região merece’.

E alertou ‘só que nós temos que tomar cuidado, a gente sabe que depois que passa uma licitação e transfere a responsabilidade de uma obra para uma empreiteira, a Prefeitura fiscaliza, mas é difícil, porque os caras fazem do jeito que bem entendem e temos que tomar cuidado’

Pelizaro ainda cobrou ‘quero citar o exemplo da pista de caminhada no Jardim Palermo. O que fizeram há uma semana, colocaram as placas, passaram a máquina em dois ou três pedacinhos, jogaram um monte de terra, para justificar o início da obra. E não pode ser assim. Não comece somente para justificar o contrato assinado, tem que ser feito de verdade’

Gilson ainda parabenizou o ex-prefeito Gilmar Dominicci que trabalhava no Governo Federal e auxiliou para que a cidade recebesse os recursos para realização das obras.

O vereador comentou sobre o manifesto ‘Pacto pela Democracia’ que conta com representação de mais de 200 entidades da sociedade civil e ‘dando crédito ao processo eleitoral brasileiro, ao contrário do que faz o presidente da República que a todo tempo ataca a democracia e o sistema eleitoral’ disse.

Ele acrescentou ‘Bolsonaro teve vários mandatos como deputado federal e a maioria deles eleito pelo voto eletrônico. Nunca levantou o nariz para reclamar quando foi eleito, os filhos dele, foram eleitos, vereador, deputado federal e senador pela urna eletrônica, nunca reclamou. Agora que ele vê que a democracia pode tira-lo ou não, ninguém sabe o resultado da eleição, e ele se sente ameaçado, e faz bravata com relação ao voto eletrônico’.

Gilson ainda citou a abertura pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dos testes das urnas eletrônicas e ressaltou ‘ninguém conseguiu fraudar então nós temos que respeitar o resultado seja qual for’

Saiba mais sobre as informações da Câmara Municipal de Franca pelas redes sociais FacebookYoutubeTwitter Instagram. E também pela TV Câmara pelo canal aberto digital 6.3

(Comunicação Institucional da Câmara)