Frente contra covid da Câmara vai participar de sindicância de “fura-filas”

Por bruno.ctp em qua, 28/04/2021 - 15:43
Imagem Principal
Vereadores conversam com o secretário de saúde Lucas Souza em reunião realizada hoje
Texto Principal

As quase mil pessoas que supostamente teriam furado a fila da vacinação contra a covid-19 na cidade foi o principal tópico debatido em reunião realizada na manhã desta quarta-feira, 28, no Fórum da Cidadania (Plenarinho) da Câmara Municipal de Franca. Os membros da Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Coronavírus do Legislativo se encontraram com o secretário municipal de Saúde, Lucas Souza, para debater o problema.

Todos os vereadores participantes da comissão estavam presentes: o presidente, Donizete da Farmácia (MDB); o vice-presidente, Carlinho Petrópolis Farmácia (PL); o relator, Daniel Bassi (PSDB), e os membros Marcelo Tidy (DEM), Gilson Pelizaro (PT), Lurdinha Granzotte (PSL) e Zezinho Cabeleireiro (PP)., além de servidores municipais e membros da imprensa.

Lucas esclareceu que o prefeito Alexandre Ferreira abriu uma sindicância ontem, 27, para verificar as denúncias, e que o chefe do Poder Executivo quer uma apuração rápida. “Não seremos omissos. Se precisar, vamos punir”, afirmou. No caso de sobra de vacina nos frascos (xepa), a orientação é imunizar apenas idosos e profissionais da saúde. Durante a reunião, ficou acertado que um dos vereadores-membros da frente irá participar das investigações da Prefeitura. Apesar de o nome ainda não estar definido, a função deve ficar com o parlamentar Gilson Pelizaro.

Os vereadores puderam fazer perguntas ao secretário, que as respondeu todas de uma vez. Apesar de dois episódios recentes em que estagiárias foram flagradas aplicando incorretamente a vacina, Lucas defendeu a utilização de estudantes nas campanhas de imunização contra a covid-19. “Os estagiários precisam participar para aprenderem a aplicação na prática. Não houve má fé nesses dois casos. Nós nos reunimos com as instituições de ensino e os orientamos a redobrar a atenção [com a imunização]”, informou Lucas.

Outra informação passada é que a Prefeitura convocou para trabalhar 45 profissionais da saúde aprovados em concursos para cargos efetivos e substitutos, o que deve melhorar o atendimento no sistema municipal de saúde. Sobre frascos que vem com doses faltando, Lucas disse que é um problema enfrentado em todo o país, e que as falhas devem ser informadas ao governo. O presidente da frente, Donizete da Farmácia, considerou proveitoso o encontro com o secretário:

Queria agradecer a presença do Lucas, que é muito prestativo e dedicado. Discutimos os “fura-filas”, as sobras das vacinas e outros temas relacionados à covid-19. Foi uma reunião muito produtiva que vai trazer resultados lá na frente.

(Comunicação Institucional Câmara)