Escola do Legislativo será inaugurada em maio

Membros do Diretório Acadêmico "28 de março" da FDF e servidores da Casa posam em frente à Mesa Diretora do Plenário

A inauguração oficial da Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Franca já tem data definida. O evento acontecerá no dia 16 de maio, às 17h, na Casa de Leis, em conjunto com o IV Congresso Nacional Simulado, organizado pelo Diretório Acadêmico “28 de março”, da FDF (Faculdade de Direito de Franca).

A solenidade contará com a presença do presidente da ABEL (Associação Brasileira de Escolas do Legislativo e de Contas), Florian Augusto Coutinho Madruga, e do presidente da APEL (Associação Paulista de Escolas do Legislativo e de Contas), Roberto Lamari. No dia, a Câmara assinará Protocolo de Intenções com a ABEL, o Diretório 28 de março e o Instituto Legislativo Paulista da ALESP (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), de forma a estreitar relações institucionais com tais órgãos públicos.

A Escola do Legislativo da Câmara possibilitará a capacitação de parlamentares, servidores e cidadãos. “Temos o foco de aproximar a comunidade em geral do poder legislativo, uma relação que ainda está muito aquém do ideal nas Câmaras Municipais de todo o país”, afirmou o coordenador legislativo da Casa de Leis, Carlos Evangelista. O servidor acrescentou que a Câmara de Franca está dialogando com diversas instituições a fim de garantir cursos para a Escola do Legislativo, como a FDF, SEBRAE, Unesp, Unifran, Câmara dos Deputados e até mesmo os Ministérios da Economia e da Transparência.

A Escola já possui uma oficina confirmada - a de Técnica e Processo Legislativo. O curso, que acontecerá entre 13 e 17 de maio, será gratuito, aberto à população e oferecerá certificado. Também estão em fase de confirmação, ainda para o primeiro semestre deste ano, os cursos de Comunicação Integrada e de SAPL e e-Democracia.

Já o IV Congresso Nacional Simulado consistirá em uma atividade na qual os alunos da FDF se dividirão em partidos e debaterão temas de relevância social. Nesta edição, os tópicos abordados serão a intervenção militar na Venezuela, homeschooling (ensino domiciliar) e pesquisa científica com embriões. O evento será aberto à população em geral e os presentes receberão certificado pela participação.