Vereadores cobram segurança para ginastas

Vereadores cobram segurança para ginastas

A professora Magda Leal de Souza usou a tribuna da Câmara Municipal de Franca, nesta terça-feira, para denunciar uma situação de extremo risco.

Mãe de aluna, ela afirmou e comprovou por vídeos que o local onde crianças e adolescentes treinam ginástica artística, no antigo pavilhão da Francal, no complexo do Poliesportivo, está sendo invadido pela água, com as chuvas recentes.

Magda afirmou ainda que há riscos de desabamento no prédio. “É preciso fazer alguma coisa antes de cair o prédio sobre as crianças porque depois não vai resolver”, disse a professora.

O líder do prefeito na Câmara, vereador Pastor Otávio Pinheiro (PTB), garantiu que as aulas serão remanejadas para outro local nos próximos dias. “Conversei com o secretário de Esporte, Élcio Boni, que assegurou que a mudança já está sendo feita”, disse o parlamentar.

Claudinei da Rocha (PSB) afirmou que, após as eventuais reformas, a vontade dos pais é que as aulas retornem para o local atual, se houver condições, por se tratar de uma solicitação dos responsáveis pelos alunos. “Depois, em um momento seguinte, é preciso trocar os equipamentos, porque aquilo lá está uma vergonha. Pelo menos os colchões, porque são baratos. Está uma vergonha”, disse Claudinei.

Adermis Marini afirmou que o problema é antigo e que o município já foi notificado a respeito no início deste ano. “Aquele prédio é de 1972. Em cinco de março deste ano, fiz um requerimento pedindo explicações porque já não havia condições no pavilhão. A Prefeitura respondeu, no dia seis de abril, que estava providenciando a transferência ou adequação do espaço, mas isso ainda não aconteceu. Espero que seja feito agora”.

Ainda nesta terça-feira, o vereador Pastor Otávio e o presidente da Câmara, Donizete Mercúrio, estiveram nos pavilhões junto com secretários do governo municipal que se comprometeram a mudar o local com brevidade até que sejam feitas as devidas reformas no local atual.